10/12/2009

Flagrante: Aurélio pego comendo o próprio cocô


O dia em que o Aurélio começou a comer o próprio cocô. Disgusting! Dia desses, o Rodrigo pegou o Aurélio comendo o próprio cocô. É nojento (pensei na palavra, em inglês, disgusting). Ele brigou muito com ele (sem bater) e não pude evitar. Foi horrível, o Aurélio ficou com o bigode fedendo a fezes.

Desde então, passei a acompanhar de perto a movimentação do Aurélio (aproveitar que estou de férias do trabalho. Sim, eu trabalho fora!).

É natural o cachorro cheirar o cocô depois de fazer... então, depois que o Aurélio aproximou-se perigosamente do excremento, entrei em ação: “Xii, Ei!”, falei alto e firme (observe, não gritei). E o Aurélio, obediente que é, se afastou.

Essa tendência de comer o próprio cocô chama-se coprofagia e, infelizmente, parece ser muito comum na raça Shih Tzu. Não se sabe ao certo a razão, mas existem algumas teorias, entre as quais está a deficiência nutricional e até mesmo a constituição do cocô que seria rico em nutrientes (dependendo da ração).

Para não dar vazão ao problema, o Aurélio está fazendo uso do medicamento Coprovet, um anticoprofágico para cães e gatos. Na bula, o laboratório Coveli define a coprofagia (ou ingestão das fezes) como um distúrbio de comportamento. Segundo a bula, a eficácia da ação do medicamento está entre 95 a 98% dos casos em cães (em gatos, a eficácia cai para apenas 50%). O medicamento contém 1 blister com 20 comprimidos e custou-me 24 reais.

O tratamento para o Aurélio é ingerir um comprimido por dia durante duas semanas, 15 minutos antes da última refeição (por volta das 19h). A quantidade de comprimido depende do peso do animal. Um comprimido é indicado para animais entre 2,5 e 5 kg de peso corpóreo.

Como o Aurelindo (como o chamo, às vezes) come tudo o que encontra, dar um comprimido para ele é tão fácil quanto dar um petisco. Eu quebro o comprimido em três partes, porque é meio grandinho, e o Aurélio manda ver.

Acabei de olhar para trás, pois senti um cheirinho meio ruim, e o Aurélio está sentado encarando o próprio cocô. Será que está vivenciando um dilema: comer ou não comer, eis a questão?


O lado negro do Aurélio: come o próprio cocô ocasionalmente.



Dica
Não é difícil saber se seu cão está comendo as próprias fezes. Cheirando o focinho dele você sentirá o cheiro ou então vendo se o cocô encontra-se amassado contra o chão ou o sanitário higiênico. Se o seu cão estiver com esse problema, sugiro que faça duas ações em conjunto: procure o profissional veterinário (pague uma consulta!) e mostre que você não gosta disso quando ele for tentar comer. Não precisa bater ou gritar, como queria o Rodrigo. Também tem que ser na hora, se você perder dois minutos que seja entre o ocorrido e sua ação, não ajudará muito, pois cachorros entendem que você gosta ou não de algo quando você elogia ou repreende NA HORA. Além disso, acostumar o seu cachorro a fazer as próprias fezes na rua (não esquecendo de recolher em um saquinho, claro) também ajuda a diminuir esse “mal do Shih Tzu”, como uma vizinha, também dona de um cão da raça, caracterizou a tendência.

Veja a série "Coprofagia" completa
Artigo 1: Flagrante: Aurélio pego comendo o próprio cocô
Artigo 2: Coprofagia 2
Artigo 3: Resultado do tratamento contra coprofagia
Artigo 4: Meu cão está comendo as próprias fezes. O que fazer?

6 comentários:

Au Au Aurélio...! Conteúdo diferenciado sobre shih tzu 10/12/2009 22:53  

Hoje, uns 40 min depois que demos o remédio, o Aurélio do nada saiu correndo da sala para o quarto dele. Ele estava deitado e o Rodrigo viu e disse que o Aurélio levou um susto. Depois, começou a ter um comportamento estranho, ficou com o rabo entre as pernas, as orelhas para trás, típico de quem está com medo. O Rodrigo, que é da área de saúde, observou o comportamento e acredita que esteja tendo alucinação auditiva como efeito colateral do remédio. Na bula, está escrito que não foram observados efeitos colaterais. Mas esse pode ser um. Demos muito carinho ao Aurélio, ele ficou bem próximo do Rodrigo, pois sabe que o Rodrigo é o dominante da casa e vai protegê-lo. Resolvemos não suspender a medicação, mas supervisoná-lo.Se o seu cachorro tiver tomado o remédio e você tenha observado algum comportamento estranho e suspeite que seja um efeito colateral, escreva aqui!

Anônimo,  18/12/2009 23:08  

Não cheguei a ver, mas estava lá por perto quando o Aurelinho fez isso... Depois deu o maior trabalho para a Adriana e o Rodrigo limparem o bichinho!
Todos nós temos defeitos, inclusive os cachorros!
Mas mesmo assim o Aurélio continua muito charmoso...
Bjo da tia Ale.

Au Au Aurélio...! Conteúdo diferenciado sobre shih tzu 19/12/2009 12:59  

Oi, Lekas! Obrigada pelo comentário! Gostei! (A Alessandra é minha irmã mais velha). Um beijo!

Anônimo,  27/11/2010 16:42  

Ola boa tarde! Gostaria de comentar que vi um episodio do Cesar Millan o encantador de cães em que ele tratava deste problema dando banana pra cachorrinha, que era exatamente uma Shih Tzu. O episódio foi muito interessante e passou no Animal Planet.(Estou tentando localizar o episódio na internet caso encontre mandarei Estou torcendo para o Aurélio parar de comer o coco! Abraços.Renata.

Anônimo,  14/09/2011 13:01  

A minha shih tzu graças a Deus faz cocô e se afasta , ela nõ fica perto de jeito nenhum..kkk

Anônimo,  21/07/2013 15:40  

tenho uma labrador preta e ela as vezes come as fezes e acho muito chato, ela come uma ração muito boa para filhotes gigantes e grandes será que por comer rápido é que não digerindo bem a ai as fezes ficam saborosas com gosto de ração. Ou ela está com falta de proteínas?

Postar um comentário

Quer comentar? Sinta-se à vontade! Saiba como.

Atenção: comentários que não tenham nada a ver com o assunto tratado nos artigos serão rejeitados. Política de Comentários.

Made in Brasília, DF, BRASIL!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR