09/02/2010

O desafio de passear com o Aurélio


Passear com nosso companheiro de quatro patas deveria ser uma das atividades mais relaxantes e agradáveis de se vivenciar. Para mim e o Aurélio, porém, tem sido um desafio, para sermos otimistas. Entenda porquê.

Desde novo, o meu Shih Tzu, Aurélio, tem um hábito que não sei se é ruim, mas me incomoda. Pular ou montar em outros cães. Se ele faz “aquele” movimento? Já fez, mas ultimamente prefiro inibir esse comportamento a esperar que isso aconteça.

Quando filhote, os cães ainda não tem o instinto sexual aflorado, embora comece a ser despertado. Subir sobre outros cães – machos ou fêmeas - e se movimentar como se estivesse acasalando não significa, necessariamente, que o cão está com a libido em alta. Pode significar apenas uma demonstração de dominância.

O meu grande temor sempre fora de o Aurélio se tornar um daqueles cachorros que não resistem à tentação ao se deparar com uma perna. É uma cena desconfortável e me deixaria, no mínimo, embaraçada. Se o Aurélio já tivesse se agarrado à uma perna, entretanto, era o caso de o educarmos e ponto final.


Aurélio.


O Aurélio já tentou demostrar sua dominância a um Golden Retriever, cão bem maior que ele! Ele perdeu o juízo ou algo assim? Certa vez, o Aurélio encontrou um Lhasa Apso e não deu outra: quis montar em cima do cãozinho no que eu prontamente repreendi. Mas foi o suficiente para que a dona do Lhasa declarasse: “Safado!” e olha que nem fazer o famigerado movimento ele fez!

Foi alentador ler a resposta para a pergunta frequente “Meu cão tem algum distúrbio de sexualidade” do site Dog Times. Se você passa pela mesma situação com seu amigo quadrúpede, espero que seja tão reconfortante para você quanto foi para mim:


Essa imagem de um cão montando em outro sempre nos traz a idéia de algo relacionado à sexualidade, porém nem sempre é isso que esse gesto significa. Quando temos muitos cães juntos, seja momentaneamente ou num estado permanente, temos a necessidade que esse grupo se organize hierarquicamente. Os cães que “se candidatam” a essa liderança começam a montar nos outros, deixando clara a sua superioridade. Já aqueles que não aceitam a liderança desse ou daquele cão, não permitirão que esses lhe subam às costas. Ou seja: montar significa dominância! Esse gesto entre os cães é normal e ajuda um grupo a se organizar. Portanto, a não ser que o ambiente esteja muito agressivo e que isso possa gerar uma guerra, deixe que eles se entendam. Se, no entanto, o cão monta num humano ou num objeto da casa, reprima! Cães muito dominantes devem ser educados para aceitar o dono como líder da matilha. É importante saber como reprimir e não fazê-lo de maneira indiscriminada, como a maioria dos donos fazem.
Meu cão é normal???, Dog Times


Algumas pessoas pensam que o Aurélio fica muito “feliz” quando está se socializando. Mas, depois de ler o livro “O Encantador de Cães: Compreenda o Melhor Amigo do Homem”, vejo que isso não é felicidade, é talvez ansiedade. O Aurélio fica meio ofegante e bastante inquieto, ele não fica com aquela “energia calma e submissa” de que Cesar Millan, o autor do livro, fala.

Ao deparar-se com seus pares de espécie, o Aurélio não se concentra na caminhada, não é um “seguidor calmo e submisso”. Confesso que, sabendo disso, evitava que o Aurélio se encontrasse com outros peludos e até pessoas.

Devo enfrentar esse desafio como uma “líder de matilha calma e assertiva”, repreendê-lo imediatamente quando fizer algo indesejável (sem bater nem gritar, mas com toques e sons como “xi”) e, de preferência, colocar o Aurélio perante outros cães para se socializar apenas quando sua energia já tiver sido queimada sob a forma de exercícios. É o que aprendi com Cesar Millan: primeiro exercícios, depois disciplina. E o carinho? O carinho vem depois de ambos!



Será que, com isso, o Aurélio é um candidato mais forte à castração? Vou fazer alguns testes, exercitar minha paciência e depois conto para vocês no que deu (ou no que não deu)!

6 comentários:

Tula Verusca 10/02/2010 10:35  

Adriana,
So tome cuidado para que o Aurelio nao fique arredio com outros caes.
Se todas as vezes que vc for passear com ele e encontrar outro cao vc puxar a guia ele vai começar a associar outros caes com puxao e com isso vai começar a brigar com outros caes....
Eu nao tenho esse problema... o Bial elegeu uma amiga - mel uma lhasa - e quando ela tah junto, so separando mesmo....
Beijos

Janeíse 10/02/2010 11:26  

Adoro Cesar Millan! Um dos meus sonhos é conhecer a Fundação que ele mantém.

Acredito que poucas pessoas entendem que montar pode significar dominância. O que vem à cabeça é o ato sexual e com isso vem o pudor que as pessoas tem.

Para mim o pior mesmo é se o cão tenta montar nas pessoas! Esse comportamento tem que ser desencorajado logo de cara!

Allysson 12/02/2010 13:22  

Ola,

Leia mais, não pare nos metodos do Cesar, mais vc le sobre comportamento canino mais aprende que o conceito de leader alpha, submissão, etc... são regras antigas que não tem fundamento real.

Eu também era alucinado por tudo que o Cesar fazia, mas na medida do tempo que fui lendo e me interessando por comportamento canino comecei a ver tudo sob outra perspectiva.

Abraço!

Adriana Diniz 12/02/2010 16:19  

Oi, Allysson!
Que bom vc veio aqui contribuir!
Certamente lerei mais e, sabendo que alguns não concordam com os métodos de Cesar, coloquei nas Seleções do blog (veja na barra lateral) o 4Paws University Dog Training que contém uma seção específica (The Dog Whisperer Controversy) que desmestificaria o método de Cesar (Cesar's Way).
...
Assisto aos programas dele e li o livro... ele não é perfeito, mas certamente tem um mérito em seu método que é excepcional. Ele, sem dúvida, popularizou a reabilitação de cães como nenhum outro e abriu os olhos de muita gente para isso, inclusive os meus!
...
Como você disse, é importante ter várias fontes de informação para obter um método que melhor se aplica a cada caso. Existem vários bons métodos e quanto mais o conhecermos e partilharmos essas informações, como vc fez aqui, melhor!
...
Eu iria abrir um desafio no blog de qual seria o primeiro homem a participar do blog! Pois todos meus seguidores e pessoas que participam comentando e enviando e-mails são mulheres. Rsrs... Dessa forma, vc é uma marco aqui no blog! Gosto de brincar com esses fatos! Allysson o primeiro homem a participar no blog!
...
Um grande abraço,
Adriana

Allysson 13/02/2010 01:18  

ok, fiquei com o "primato" então :)

Mas é isso, alias tem um livro muito bacana também que se chama “The 100 silliest things people say about dogs” que traduzindo quer dizer “As 100 coisas bobas que as pessoas dizem sobre cães” (http://www.jaaack.com.br/?p=150). Agora, para ser sincero com vc, é muita confusão, cada um fala um coisa. Resta a nos entender e tirar o melhor de cada método, e claro, adaptar tudo isso para conviver com nossos amigos.

Abraço e sucesso.

Adriana Diniz 16/05/2010 16:02  

O Allysson foi o primeiro homem a comentar no blog e colocamos isso na forma de post:

A primeira vez a gente nunca esquece!

Confira!

Postar um comentário

Quer comentar? Sinta-se à vontade! Saiba como.

Atenção: comentários que não tenham nada a ver com o assunto tratado nos artigos serão rejeitados. Política de Comentários.

Made in Brasília, DF, BRASIL!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR