05/02/2010

Placa de identificação: seu cão já usa?


De acrílico ou de metal, a identificação é como o documento de um cachorro e evita transtornos. Veja o pingente que escolhi para o Aurélio e confira porque usar uma ID tem a ver com a posse responsável do seu cão.

No post Cuido realmente bem do Aurélio, um dos itens da auto-avaliação sobre posse responsável era saber se, além de coleira e guia, eu passeava com o Aurélio com uma plaqueta de identificação. Na ocasião, a minha resposta foi NÃO! Escrever aquele artigo e ler os comentários foi para mim como um "puxão de orelhas". Corri a procurar uma plaquetinha e, sem muitos rodeios, escolhi esta aqui:

Pingente de identificação, de acrílico, para cães. Sai por menos de dez reais.



Para a identificação neste pingente de acrílico, basta escrever o nome do cão e o telefone do proprietário. Depois, é só colar um adesivo transparente para garantir maior durabilidade da identificação (os adesivos são vendidos juntamente com a plaqueta).

Além dos pingentes de acrílico, existem também os de metal. São mais pesados um pouquinho, necessitam que o nome seja gravado, mas têm durabilidade e resistência maiores. Veja os exemplos de pingentinhos de metal:



Cães muito pequenos, como os chihuahuas, devem preferir pingentes mais leves. Não há problema dos Shih Tzus usarem pingentes de metal desde que não muito filhotes. Mas atenção: nos Shih Tzus, o pingente pouco aparece, pois fica escondido sob sua densa pelagem. Então, não é o caso de ficar horas escolhendo aquele que mais combina com seu companheiro de quatro patas. Se o Shih Tzu, porém, estiver tosado com o pelo baixo, a placa identificadora fica evidente como em qualquer outro cão de pelo curto.

A importância da plaquinha já está implícita em seu nome: identificação (ID). A placa tem a função de identificar o dono ao qual pertence o cachorro no caso de ele se perder ou desaparecer. Se o seu peludo se perder ou você perder o peludo – de raça ou sem raça, não importa - ele provavelmente engrossará o caldo dos cães abandonados. É por isso que usar uma identificação tem haver com a guarda ou posse responsável. Se o cão tem um “RG”, ele é devolvido ao dono. Se não, na pior das hipóteses, pode até ser sacrificado. Acidentes acontecem e nunca é demais preveni-los.


Se eu perdesse de vista o Aurélio (Deus o livre), arrebatariam-no rapidamente das ruas e o levariam para si. O bicho é bonitinho demais… e não oferece resistência alguma.


11 comentários:

Não Compre, Adote 05/02/2010 13:39  

Adri: parece que a gente pensa mesmo coisas bem parecidas: estou reunindo informações em um post prá colocar lá no blog justamente com contatos aqui da região de POA-RS de locais que colocam chip e que tem plaquinha de identificação! Ainda não postei porque tá brabo de achar plaquinhas gravadas, e essa tua indicação já me ajudou!

Apenas fico pensando se esse adesivinho que vai por cima protege bem prá cães que ficam fora de casa (no pátio). Antes de comprar as plaquinhas para os meus peludos, também tive uma dessas de escrever (mas sem esse adesivo por cima). O nome não durou nem 1 semana! Daí fiz outro "enjambre": enrolei com aquelas fitas crepe e escrevi por cima com caneta bic. Durou um pouco mais, mas mesmo assim, já começou a ficar borrado. Há pouco tempo comprei ums plaquinhas de metal gravadas e implantei o chip também. Mas foi difícil de achar locais para isso, e por isso a idéia do post que ainda vai sair.

Vamos identificar, gente! A Adri tá certíssima. O que tem de peludo que são achados nas ruas e que uma simples plaquinha ajudaria a resolver o problema...

Beijo!

Pri
Não Compre, Adote!

Não Compre, Adote 05/02/2010 13:45  

Adri, procurei lá mas não achei igual a esse teu, de poder escrever... Será que acabou?

Pri
Não Compre, Adote!

Léo de Chocolate 05/02/2010 13:50  

Oi AuauAurélio,
Audorei seu blog.
AUbrigado pela visita no meu cãotinho, fique a vontade é seu cãotinho também.
Lambs, vc é muito lindo.

Adriana Diniz 05/02/2010 15:18  

Oi, Priscila!
Certamente para cães que ficam em casa, os pingentes costumam desgastar mais rápido, sendo mais indicado os de metais mesmo, em que se faz necessária a gravação (como gravamos em anéis).
...
O pingentinho de acrílico eu não comprei na Pet Moderno, que é o site de onde extrai as imagens dos pingentes de metal.
...
Comprei um um Pet Shop próximo à minha casa, este por sua vez (acabei de ligar lá), comprou de um vendedor ambulante!
...
Mas tem para vender no Pet Super Market. Procure no Google por "Pet Super Market plaquinha de identificação" que você encontra!
...
Eu vou experimentar aqui e depois conto se ele realmente vale à pena.
Espero ter ajudado, bjs!

Adriana Diniz 05/02/2010 15:22  


Oi mãe do Léo de Chocolate! Queria saber seu nome!
Obrigada por nos visitar e fique certa de que me sentirei muito à vontade lá no seu cãotinho sim!
O Léo é lindo (aliás, quando formos ter outro cachorro, Léo será o nome dele!).
Abraços!

Fernanda e Pink 05/02/2010 20:15  

ai que pingente fofo. a pink ganhou um da minha tia no natal... é redondinho, de coração cor de rosa... acredita que eu ainda não coloquei ?

Adriana Diniz 05/02/2010 22:25  

Fernanda, vc não deve ter colocado por causa da chuva forte aí em São Paulo que as impede de sair para passear, não?! (Diz que sim, diz que sim...)

Xica Biega 06/02/2010 11:41  

Ola!Adorei conhecer o Aurélio!Beijos a vcs da Xica!

Adriana Diniz 08/02/2010 08:42  

Q bom Xica! Tb ficamos felizes com sua visita aki! Bjos!

Adriana Diniz 30/03/2010 20:08  

Eu disse que iria ver se funciona o tal pingente para a Priscila. Passaram-se quase dois meses e o adesivo continua lá - firme e forte - protegendo o nome do Aurélio e o telefone da minha casa. O que aconteceu foi que a parte colorida do pingente (o roxo) caiu em algum lugar. Mas ficou o mais importante: a identificação!

Anônimo,  17/12/2011 15:54  

preferi coleira de couro e escrevi com caneta de CD em ambos os lados, na parte de cima o nome do meu cão e o meu tel. no verso da coleira esta meu endereço. assim se perder a coleira, o cachorro estará junto...:D

Postar um comentário

Quer comentar? Sinta-se à vontade! Saiba como.

Atenção: comentários que não tenham nada a ver com o assunto tratado nos artigos serão rejeitados. Política de Comentários.

Made in Brasília, DF, BRASIL!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR