13/05/2010

Ter ou não ter um cão?


Dicas para ajudar você a saber se deve ou não ter um amigo de quatro patas.

 

1. “Bem durável”
Que os cães são ótimos antídotos no combate à solidão não é novidade. Mas se você NÃO imagina ter um cão pelos próximos dez ou até quinze anos (é quanto um cão vive em média), pense em combater a solidão (se for esse o problema) de outra forma. Talvez um gato, que é um bicho mais silencioso, independente e asseado, possa ser uma escolha mais acertada. Mas de repente, você precisa mesmo é de um bicho de pelúcia.

2. Passivo
Quem já leu Pai rico, Pai Pobre, do Robert Kiyosaki e Sharon Lechter, aprende que as pessoas ricas adquirem ativos e os pobres e a classe média adquirem obrigações pensando que são ativos (que são, na verdade, passivos). Mas o que são ativos e passivos? Pai rico ensina: um ativo é algo que põe dinheiro no meu bolso e um passivo é algo que tira dinheiro do meu bolso. Trocando em miúdos, um cão é um passivo que vai tirar dinheiro do seu bolso com vacinas, vermífugos, alimentação, enxoval (cama, bebedouro, comedouro, coleira) e outros bichos mais. É uma forma diferente de falar que um cão exige gastos.

3. Tempo
Está com dificuldade de ter tempo para as atividades rotineiras? Então por que um cão que apenas exigirá mais tempo ainda de você? Sim, tempo para dar água, alimento, atenção, levar no veterinário, passear diariamente, limpar cocô e xixi, educar… Ou você quer um cão solitário e infeliz? Cães definitivamente não combinam com solidão.

4. Viagens
Já pensou em quem ficará com o cachorro quando for conhecer as belas praias do Nordeste, o cerrado no Planalto Central ou as cachoeiras de Foz do Iguaçu? Você sabia que, na época das férias, cresce o número de cães abandonados? Para amenizar o quadro, ainda bem que existem opções de hospedagem ou hotel para cães (procure estabelecimentos de qualidade).

5. Família
Todos os membros da família estão de acordo com a chegada do membro canino? Nem sempre você estará em casa e quem estiver em casa vai se recusar a limpar o cocô e o xixi na sua ausência. Quando você chegar em casa vai ser aquele “peteco”.

6. Marca canina
Seu cão ficará dentro de casa ou do apartamento? O cheiro, o chão e os móveis da sua casa poderão nunca mais ser os mesmos. Está preparado?

Assim como um filho, ter um cão envolve renúncia: doar seu próprio tempo, gastar seu dinheiro, ficar mais "preso" para saídas e viagens. Para ajudar a acabar com o dilema “ter ou não ter um cachorro”, complemente a leitura com essas importantes dicas:

- O Blog de uma criadora que ama seus frenchies: Planejando a vinda de um cão?
- O Blog de uma criadora que ama seus frenchies: Como comprar o filhote ideal
- Dog Times: Você está pronto para ter um cachorro?
- How Stuff Works: Como escolher um cachorro
- Arca Brasil: Antes de ter um animal, pense…
- Quero um Bicho: Você resolveu adotar um bichinho? Parabéns.

Veja a série "Escolha do Cachorro" completa:
Antes de ter um cão
Fontes de informação sobre raças de cães

7 comentários:

Gigi e Lola 13/05/2010 10:57  

AMEI O TEXTO, E SABE HOJE COM A LOLA, MESMO EU FAZENDO TUDO O QUE ESTÁ BEM AÍ EM CIMA, NÃO VEJO COMO PERDA DE TEMPO, A ALEGRIA ME CONTAGIA...E A LOLA É UM BEM MUITO PRECISO QUE TENHO...AS VEZES ME PEGO RINDO ATÉ DAS SUAS ARTES...RSRSRS
NÃO ME CONFORMO COM AS ESTATÍSTICAS QUE O ABANDONO DE CÃES CRESCE NAS FÉRIAS, CADA VEZ QUE VIAJO E A LOLA NÃO PODE IR JUNTO FICO COM MEU CORAÇÃO APERTADO DE SAUDADES!!!

BEIJINHOS E PARABÉNS...

GIGI

Gigi e Lola 13/05/2010 13:41  

AMIGA, FIZ UMA SALADA MISTA NO MEU BLOG...TO APAVORADA, FUI MUDAR O LAYOUT E AGORA NÃO ACHO COMO ARRUMAR...SEI LÁ ONDE FOI PARAR AS COISA...NÃO CONSIGO POSTAR, NEM ARRUMAR O LAY...SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

BEIJINHOS

Aline 13/05/2010 16:00  

ter animal n é pra qq um nao..
e é mto importante vc colocar isso num blog tão lido.

tem bichos de pelúcia que miam e até latem..são umas gracinhas e n precisam d nenhum cuidado..
uma otimaaa opção pra quem quer um bicho e n quer responsabilidade

D. 13/05/2010 22:53  

Adriana
li uma frase que vc postou no blog da Nessie & Eu e fiquei apaixonada.
Posso utilizar aquela frase no meu blog com o devido reconhecimento??
beijosss

Cecília 13/05/2010 23:54  

Adriana, adorei teu blog!
Super claro, contemporâneo e direto ao ponto. Tuas postagens sempre me remetem alguns assuntos que reflito, mas nunca consigo chegar a um final que seja, digamos assim, educado e educativo.
Explico: Não aceito, não compreendo, não gosto de pessoas que abandonam, mau tratam, doam seus pets por q vão se mudar, pq não tem tempo....
Na real fico com tanta raiva que me bloqueio e não consigo escrever nada.
Portanto obrigada por escrever com clareza sobre estes assuntos tão difíceis de serem tratados. Te convido para visitar o meu blog que é sobre pets com necessidades especiais.
bjkss Cecília Amodeo.

Adriana Diniz 14/05/2010 07:19  

Por partes:
Fiquei muito feliz com todos os comentários!

Gigi, você disse que sente prazer pelo "trabalho" que sua york, a Lola, dá! É exatamente essa a diferença em que tem o perfil para ter um cachorro e o perfil para não ter um.

Nesse sentido, corroboro com a afirmação da querida Aline: para ter um cachorro, é preciso ter perfil!

D. (!) que bom que gostou e que reverberou em você! Fique à vontade para usar com o reconhecimento. Isso para não mim não é concessão, é honra!

Oh Cecília... que bom saber disso! Gostei dos elogios, nunca recebi com essas palavras! Isso que você falou é algo extremamente importante, sabe? Tão importante e tão sensível que vou deixar para te responder mais tarde, com maior reflexão. Obrigada pela visita e gostei muito da idéia do seu blog! Bjos!

Camilli Chamone 15/05/2010 08:50  

Muito bem! :)
Adorei seu texto! Já fiz o link dele em uma futura postagem minha.
<3

Postar um comentário

Quer comentar? Sinta-se à vontade! Saiba como.

Atenção: comentários que não tenham nada a ver com o assunto tratado nos artigos serão rejeitados. Política de Comentários.

Made in Brasília, DF, BRASIL!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR