01/04/2010

Cagada é não recolher



Com esse mote, o "Cão em Quadrinhos" lança sua mais recente campanha: “Eu recolho”, voltada a motivar donos a recolher, de uma vez por todas, o cocô do cachorro. Conheça, participe e divulgue essa idéia.

Quem já não pisou ou chegou bem perto de pisar em um cocô de cachorro que não foi recolhido na rua? Foi essa experiência que levou as irmãs, fotógrafas e designers Manoela e Ana Carolina Trava Dutra, do site Cão em Quadrinhos, a pensarem numa idéia que chamasse a atenção para a importância de recolher as fezes do animal em ruas e parques públicos.



A mais recente campanha voltada à conscientização sobre a importância de recolher as fezes do cão, lançada em março de 2010, chama-se "Eu recolho!":



A campanha oferece banners, com download gratuito, para serem colocados em sites e blogs interessados em divulgar a boa-nova.

Como inserir os banners da campanha “Eu recolho!” no Blogger:

1. Escolha a imagem desejada e clique sobre ela. Copie e cole o endereço eletrônico que aparecerá na barra de endereços do navegador de Internet:



2. No Blogger, utilize o widget “Inserir imagens”:



3. Escolha a opção “Da web”. Copie e cole, no espaço indicado, o endereço eletrônico do banner. Clique em “Salvar”.



4. Pronto! Agora você já pode conscientizar os visitantes do seu site sobre a importância de recolher o cocô do cachorro. Parabéns por adotar essa causa!


Outras ações Cão em Quadrinhos:

1.Bandeirinhas



A idéia da campanha das bandeirinhas, lançada em setembro de 2009 e válida até hoje, é simples e criativa: ao deparar-se com a “cagada” de alguém não ter recolhido o cocô do cachorro, posicionar uma bandeirinha com a mensagem “Cagada é não recolher” nas proximidades do excremento. Depois de fincada, tire uma foto, envie para contato@caoemquadrinhos.com.br e mostre ao mundo que você fez a sua parte (o Cão em Quadrinhos vai postar, no site, todas as fotos). As bandeirinhas estão disponíveis para download aqui. Levante essa bandeira!

2.Cocôres


O Cão em Quadrinhos acredita que conscientizar a recolher o cocô pode ser algo descontraído. Para isso existem os inusitados “cocôres” de feltro, que pretendem “levar a campanha também para dentro das casas”, afirmam as fotógrafas. Os cocôres podem ser usados como utilidades para o dia-a-dia, como porta-canetas e porta-chaves, e estão disponíveis em várias cores. Valor: RS 6,40.

Para mais informações, acesse www.caoemquadrinhos.com.br.


Agradecimentos
À Manoela e Ana Carolina pela acolhida e disponibilidade.


1 comentários:

Camilli Chamone 05/04/2010 14:47  

Falamos do mesmo assunto, no mesmo dia! Coisas de 1o. de abril! :)))

Postar um comentário

Quer comentar? Sinta-se à vontade! Saiba como.

Atenção: comentários que não tenham nada a ver com o assunto tratado nos artigos serão rejeitados. Política de Comentários.

Made in Brasília, DF, BRASIL!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR