05/04/2010

Obrigada, Aurélio.


Depois do arrependimento, a gratidão por ter um presente de Deus na forma de cachorro em minha vida. Poesia.

 

Aurélio, obrigada

Por se alegrar quando me vê

Por me acompanhar aonde quer que eu vá

Por aliviar meu estresse

Por aumentar minha auto-estima

Por não me deixar só

Por me fazer rir

 

Por ser um excelente anfitrião

Por ser silencioso

Por ser obediente

Por confiar

Por respeitar

Por se deixar carregar

Por estar sempre disposto a brincar

Por quase nunca chorar

 

Por sempre parecer nos perdoar

Por não guardar mágoas nem rancor

Por ser inocente

Pelo seu olhar inocente

Por não fingir

Por ser você mesmo:

um cachorro.

 

Leia também:
Me desculpa, Aurélio.

1 comentários:

Dudinha Nariz de Bolinha 05/04/2010 11:23  

ai que lindooo aumeiiii

lambeijoss

Postar um comentário

Quer comentar? Sinta-se à vontade! Saiba como.

Atenção: comentários que não tenham nada a ver com o assunto tratado nos artigos serão rejeitados. Política de Comentários.

Made in Brasília, DF, BRASIL!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR